Prêmio Metagamers

 

O Prêmio Metagamers é a pontinha de um iceberg que, entre amigos, gostamos de chamar de "revolução do cenário nacional de RPG".

Começa como um gesto pequeno dos Metagamers, um reconhecimento simbólico para a publicação de RPG, em língua portuguesa e lançada no Brasil, que mais se destacou no ano editorial imediatamente anterior. Mas, como seria de esperar de Metagamers, ainda pretendemos ir além.

 

Prêmio Metagamers Destaque 2010

O Prêmio Metagamers Destaque 2010 representa essa primeira iniciativa. Criado, organizado, votado, decidido e oferecido pelos Metagamers, foram indicados para concorrer ao prêmio:

  • Dragon Age RPG, Jambô Editora/Green Ronin Publishing

  • Gurps 4e, Devir Livraria/Steve Jackson Games

  • Mago: o Despertar, Devir Livraria/White Wolf Publishing

Com o apoio dos organizadores do evento, o Prêmio Metagamers Destaque 2010 foi anunciado e entregue durante a RPGCon, no sábado, 9 de julho de 2011, no Colégio Santa Amália, Av. Jabaquara, 1673, São Paulo/SP.

 

 

Parabéns a Rastro de Cthulhu, de Kenneth Hite, lançado pela RetroPunk Game Desing/Pelgrane Press, que, na opinião dos Metagamers, se destacou entre as publicações de 2010 por ser:

  • um RPG de horror com abordagem investigativa e personagens totalmente humanos, sem poderes sobrenaturais;
  • um RPG ambientado no universo lovecraftiano dos anos 1920, EM PORTUGUÊS!, além de apresentar uma visão interessante e consistente do Mythós Cthulhiano, ao mesmo tempo clássica e inovadora;
  • baseado no sistema Gumshoe, desenvolvido por Robin D. Laws (o que já seria motivo suficiente, mas acrescentemos aí o valor de Kenneth Hite); Gumshoe é um sistema simples, elegante, novo e que acaba resolvendo dois problemas que afligem RPGs investigativos em geral e Call of Cthulhu em particular: a aleatoriedade da obtenção de pistas e a falta de consistência das regras de sanidade (por que o feiticeiro milenar obviamente insano é charmoso e sedutor, mas o investigador bonzinho de Sanidade 0 vira uma samambaia babona?);
  • uma edição brasileira bem produzidinha: capa dura, papel de qualidade, ilustrações consistentemente boas e uma tradução que não faz feio;
  • o primeiro trabalho de uma editora que surgiu há pouco tempo, mas chegou mostrando serviço.

 

        

 

Prêmio Metagamers Melhor do Ano

Este é o projeto, ainda embrionário, de um instrumento que unirá a comunidade RPGista e os profissionais do ramo para eleger e contemplar, anualmente, a melhor publicação de RPG do ano imediatamente anterior.

Entendemos que a premiação pode ser a alavanca de que precisamos para mover o cenário nacional de RPG em direção a um círculo virtuoso: RPGistas bem informados recompensando as editoras que realmente se esforçaram para publicar produtos de qualidade.

A meta é organizar, já em 2012, o Prêmio Metagamers Melhor do Ano 2011. Poderão se inscrever e candidatar as publicações de RPG, em língua portuguesa e lançadas no Brasil, independentemente do suporte (livro físico ou eletrônico), que tiverem o ano de 2011 impresso em suas fichas catalográficas. Ainda temos de definir regulamento, procedimentos e muitas outras coisas, mas os interessados já podem começar a se preparar: com o que temos em mente, podemos garantir que o período de inscrição e avaliação por jurados e comunidade será quase um épico.